Leia mais

Para ler o que foi publicado aqui (antes e/ou depois) sobre o assunto de um artigo , clique num dos marcadores ao final dele. Veja ao final desta tela, uma lista dos artigos mais populares.

11 março, 2008

Desastre Ambiental - Usina de Espora - 16 - Vínculo com Mauá reaparece no Paraná

Quarenta dias depois do rompimento da barragem de Espora, a ligação entre este caso e a obra da Usina de Mauá reapareceu na imprensa paranaense.

A ONG Liga Ambiental anunciou que vai recorrer aos Tribunais de Contas da União e do Estado do Paraná para questionar o contrato com a J. Malucelli para a execução da obra da Usina de Mauá, sob o argumento ser ela a responsável por Espora, cuja barragem ruiu. Tratei dessa ligação entre as duas usinas no décimo-primeiro texto desta série ( Desastre Ambiental - Usina de Espora - 11- Desdobramentos).


Mauá é o 7º maior projeto de usina hidrelétrica em andamento no país e a maior obra de engenharia prevista no Paraná, com custo estimado em R$ 1 bilhão.

Em suas edições de ontem, tanto a Gazeta do Povo (clique aqui para ler) quanto o Estado do Paraná (clique aqui para ler) trazem declarações do advogado e de um membro da ONG Liga Ambiental sobre as iniciativas a serem empreendidas pela associação. Será apresentado também recurso junto ao TRF da 4ª região. Em 29 de fevereiro o tribunal suspendeu liminar da Justiça Federal de Londrina que impedia o início das obras antes da conclusão de estudo ambiental integrado da Bacia do Rio Tibagi (leia aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário