Leia mais

Para ler o que foi publicado aqui (antes e/ou depois) sobre o assunto de um artigo , clique num dos marcadores ao final dele. Veja ao final desta tela, uma lista dos artigos mais populares.

14 agosto, 2009

Só mais três dias - Solidariedade a Lúcio Flávio Pinto (atualizado)

Últimos dias para apoiar

Participe. No dia 16 se encerra o prazo para aderir ao abaixo-assinado em solidariedade ao jornalista Paraense Lúcio Flávio Pinto. No mês passado, Lúcio Flávio foi condenado a indenizar um dos proprietários da afiliada local da Rede Globo e do jornal O Liberal e também proibido de referir-se a ele em seus artigos.

A condenação mobilizou vários dos blogues de maior audiência do país numa campanha em solidariedade a Lúcio Flávio. Essas iniciativas estão relacionadas no Blog Solidariedade a Lúcio Flávio Pinto, onde são recolhidas as assinaturas. Lá também é possível comprar o livro que ele acaba de lançar contando a história toda e é indicada a conta-corrente em que podem ser feitas doações. Luis Nassif reproduziu carta que ele escreveu logo após a condenação, justificando sua ausência em solenidade em que receberia mais um prêmio, em São Paulo.

Um cronista do Brasil fora do eixo

Descoberto agora pela blogosfera nestas circunstâncias lastimáveis, Lúcio Flávio não era nenhum desconhecido - é um grande nome do jornalismo brasileiro, ganhador de importantes prêmios nacionais e internacionais. Seus artigos, originalmente publicados no seu Jornal Pessoal, são frequentemente reproduzidos no Observatório da Imprensa. Na sua cobertura da política e da imprensa paraenses faz a crônica da estrutura que se consolidou em quase todo o Brasil durante a ditadura e não sofreu grandes abalos no último quarto de século.

Aqui no entreatos ele apareceu pela primeira vez há 3 anos, quando reproduzi seu artigo Jornalismo de Verdade e Jornalismo de Aluguel, sobre as conseqüências de uma imprensa dependente das verbas oficiais. No mesmo post, contei sobre a agressão de que fora vítima, por parte do mesmo empresário a quem agora foi condenado a indenizar, num restaurante de Belém.

Fazendo a diferença nas bancas de Belém


Lúcio Flávio escreve e edita sozinho o Jornal Pessoal, quinzenalmente disponível em bancas de Belém. Num artigo escrito em 2006, por ocasião do aniversário da publicação, ( A utopia do jornalismo, 19 anos depois) ele registrou que tinha ultrapassado a longevidade de sua inspiração, o I.F. Stone's Weekly, um marco da imprensa independente americana, que começou a circular em janeiro de 53 e foi até 71 ( começou com 5.300 assinantes, entre eles Einstein e Eleanor Roosevelt, e tinha 66 mil quando terminou). O texto é uma belíssima reflexão sobre o jornalismo.


Nada melhor para mostrar o significado do Jornal Pessoal que o contraste entre sua primeira página as de outros jornais paraenses. Abaixo, a edição da segunda quinzena de setembro de 2006 e as edições disponíveis em 14 de dezembro de 2007 de alguns outros jornais do estado:








Atualização em 14.08 - Hoje será feito um protesto virtual contra a condenação de Lúcio Flávio:

Hora: 15h às 16h

Como participar: Do seu computador, envie mensagens de protesto (abaixo) à 4ª Vara Cível de Belém (4civelbelem@tj.pa.gov.br); ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Rômulo José Ferreira Nunes (des.romulo.nunes@tj.pa.gov.br); e pelas seções Fale Conosco e ORM Repórter, do Portal ORM (www.portalorm.com.br/faleconosco/capa/default.asp e www.orm.com.br/projetos/ormreporter/envianoticia.asp).

Pedimos aos participantes que, se possível, enviem as mensagens com cópia a protestolfp@gmail.com, a fim de que se estime o número de pessoas envolvidas com o protesto.

Ajude também a divulgar esta iniciativa pelo messenger, orkut e outras redes sociais, skype, blogs, listas de discussões e/ou websites.


Nenhum comentário:

Postar um comentário