Leia mais

Para ler o que foi publicado aqui (antes e/ou depois) sobre o assunto de um artigo , clique num dos marcadores ao final dele. Veja ao final desta tela, uma lista dos artigos mais populares.

19 fevereiro, 2008

Desastre Ambiental - Usina de Espora - 7 - Outras Notícias

1)Entrevista com o comandante da operação da Defesa Civil, feita pela TV Jovem Sul News, de Cassilândia (MS), tendo ao fundo imagens da área afetada ( clique aqui para ver)

2) Trecho de entrevista do prefeito de Aporé ao Gazeta News, de Itajá(GO) :

GN – O que o município de Aporé deve ter de prejuízos com a quebra da barragem da Espora?

Alceu – Veja bem os prejuízos ambientais são incalculáveis, mas o município deverá ficar de 6 a 8 meses sem receber os hoelts [royalties]. Mas veja bem se por um lado perderemos a receita por lado ganharemos, pois haverá a reconstrução da barragem e a reconstrução também gera receitas para o município, de forma que vai haver uma compensação das perdas.

Os danos maiores foram a natureza, aos pecuaristas, belas cachoeiras desapareceram, a ponte do Rio Corrente foi arrastada e outras também, mas felizmente não houve vítimas fatais, mas os prejuízos são incalculáveis. E o rompimento desta barragem serve também de alerta para as autoridades aumentarem as fiscalizações nas demais barragens que estão sendo construídas para que casos como este não aconteça novamente.

Vale lembrar que a barragem não rompeu nem 20 % se realmente rompe total a situação tinha sido de dez a vinte vezes mais grave do que aconteceu.

(clique aqui para ler na íntegra)

3. Matéria do Diário da Manhã, de Goiânia - Associação Acredita em Erro de Engenharia - , sobre o associação criada pelos fazendeiros da região para cobrarem sua indenização ( clique aqui para ler).

Nenhum comentário:

Postar um comentário